Páginas

sexta-feira, 26 de maio de 2006

Postais do Mundo

Aderi ao postcrossing algures em Novembro. Tem sido uma experiência curiosa, também do ponto de vista cultural, até porque por mais que me babe por um postalito da Ópera de Sidney, por exemplo, daqueles lados só me chegam postais com pássaros, pinguins e outra bicharada exótica, e da Finlândia raramente me chegam paisagens também, embora nada de bicharada. Não quero generalizar, contudo, é divertido como cada povo tem tendência para enviar o mesmo tipo de postais.
Recebi um do Japão com o Monte Fuji e lembrei-me como o meu pai gostaria de o ter visto ou, antes, como eu gostaria de partilhar com ele este pequeno nada. Regressou de mansinho aquela saudade de não ter o meu querido pai para lhe mostrar o postal, um simples postal Papá, olha o que recebi hoje. Pegá-lo-ia com todo o cuidado, observá-lo-ia de um lado e de outro, tendo atenção ao selo e dir-me–ia algo como Que interessante! Depois imagino-o a dizer-me para o não esquecer Olha o teu postal. Leva-o, filha. Fica por aí e ainda o perdes. Nada como os nossos pais e mães, claro, para nos conhecerem as particularidades. O resto já se sabe. Esta saudade permanente. As lágrimas do luto lavam a alma. O luto sem lágrimas aloja-se em nós como um silêncio profundo.
Da Finlândia chegou-me um postal que fixei entre os restantes. Contra as túlipas amarelas um dizer que dedico à Cláudia, à Ana e à Joana.

Legenda: Vira os olhos para o sol e não verás as sombras.

9 comentários:

  1. E beijos para ti!
    :)

    (PS - tu não vens a Lisboa com regularidade?? Podiamos combinar qq coisita....)

    ResponderEliminar
  2. Beijos para vocês.
    Fantasminha, vou a Lisboa com facilidade pois, se bem que agora vem uma fase complicada de trabalho.

    ResponderEliminar
  3. Também estou a adorar o Postcrossing, e é interessante falares sobre cada povo ter a sua tendência para enviar o mesmo tipo de postais, pois eu já tenho uns quantos da Finlândia (10 talvez?) e só tenho 2 de paisagens.
    Adorei o postal das túlipas amarelas! :)

    ResponderEliminar
  4. Se/quando quiseres e puderes, avisa e combinamos um cafézito ou jantarinho, conformo o tempo disponível :)
    (de qq modo eu daqui a 2 semanas vou de férias, yupi!)

    ResponderEliminar
  5. Se/quando quiseres e puderes, avisa e combinamos um cafézito ou jantarinho, conformo o tempo disponível :)
    (de qq modo eu daqui a 2 semanas vou de férias, yupi!)

    ResponderEliminar
  6. Quando, nos seus textos, leio o que disse ou diria o seu pai, revejo-o com tanta nitidez! Não sei se pela clareza e ternura das suas palavras, se por ter tido o privilégio de o ter conhecido...o que sei é que me aperta uma saudade...dele e do tempo em que os seus pais e os meus trabalhavam juntos, em que conviviamos quase diariamente, enquanto a si só cabia a tarefa de crescer e encantar-nos...

    ResponderEliminar
  7. Obrigada pelas suas palavras tão bonitas, Milucha.

    ResponderEliminar

Comments are welcome :-)